Durante participação no Mobile World Congress, em Barcelona, Mark Zuckerberg contou à plateia que o Facebook está construindo drones, lasers e satélites para levar a internet para áreas do mundo que ainda estão off-line. A iniciativa foi divulgada no ano passado como parte dos planos do Laboratório de Conectividade da empresa.
“Quando tivermos essas tecnologias, o objetivo será parecido com o tipo de parcerias que temos hoje para dar às pessoas mais ferramentas para se conectarem”, disse Zuckerberg. O executivo afirmou, ainda, que estaria disposto a unir forças com o Google para acelerar o acesso à internet no mundo.
A ambição de Zuckerberg para expandir o número de usuários da internet tem se realizado, por enquanto, pelo Internet.org, plataforma que o Facebook desenvolveu com companhias de celular para levar a rede de forma gratuita e sem fins lucrativos para Zâmbia, Tanzânia, Quênia, Gana, Índia e Colômbia.

 

Deixe um comentário